> <

Fiscalização de cadeirinha em van escolar é adiada para 2017

26/11/2015 18h34 - Atualizado em 26/11/2015 18h48

Fiscalização de cadeirinha em van escolar é adiada para 2017
Lei entra em vigor em 2016, mas haverá prazo para empresa se adaptar.
Transportadores reclamaram que dispositivo é incompatível com cinto.

A multa para vans e ônibus escolares que não tiverem cadeirinha só vai começar a ser aplicada a partir de 1º de janeiro de 2017, informou o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). A lei que obriga o uso desse equipamento, no entanto, entra em vigor em 1º de fevereiro de 2016, mas, ainda em outubro passado, o governo havia anunciado que fabricantes e as empresas de transporte teriam mais prazo para se adaptar.

A nova data para o início da fiscalização será publicada no Diário Oficial da União nos próximos dias, diz o Denatran.

As resoluções que obrigam o uso de cadeirinhas no transporte escolar foram anunciadas entre junho e julho deste ano.

Elas determinam que todos os veículos que prestam esse serviço devem possuir os dispositivos de retenção para crianças de até 7 anos e meio.

Mas as empresas de transporte reclamaram que não era possível usar os modelos de cadeirinha aprovados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) em veículos que não possuem cinto de segurança de 3 pontos, a maioria das vans.

No segundo semestre deste ano, o Inmetro revogou parcialmente a Portaria nº 466, que proibia a comercialização e o uso de dispositivo de retenção com cintos de segurança de duas pontas, e esses equipamentos poderão ser fabricados.

Histórico de adiamentos
Na história recente, o Contran já adiou algumas vezes suas próprias resoluções. No último dia 21, o órgão decidiu derrubar a obrigatoriedade dos chips de rastreamento em veículos.

Essa revogação se refere ao chamado (Simrav), sigla para Sistema Integrado de Monitoramento e Registro Automático de Veículos, e difere do Sistema Nacional de Identificação de Veículos (Siniav), que utiliza radiofrequência para a identificação e não GPS, como seria o Simrav.

O caso de maior impacto é dos extintores. Em janeiro, o órgão definiu que os veículos deveriam ter o extintor do tipo ABC, eficaz em incêndios em um número maior de materias.

Com a falta dos dispositivos nas lojas, ainda em janeiro, o Contran decidiu que a resolução só entraria em vigor em abril. Com a mesma justificativa, a medida teve a entrada em vigor adiada outras duas vezes.

Faltando duas semanas para que a lei entrasse em vigor, o Contran resolveu suspender a obrigatoriedade do item, afirmando que os carros atuais possuem tecnologia com maior segurança contra incêndio e, que, o despreparo para o uso do extintor poderia causar mais perigo para os motoristas.

Outra polêmica foi a implantação de simuladores de direção como parte das aulas práticas para quem deseja tirar a Carteira Nacional de Habilitação, a CNH. A medida, inicialmente criada em 2013, teve a entrada em vigor adiada, a pedido das auto-escolas.

Em junho de 2014, o Contran mudou de ideia, e decidiu que o uso passaria a ser optativo, até que, no final de julho deste ano, a entidade, a pedido dos Detrans, decidiu que o equipamento seria obrigatório novamente.

Fonte: http://g1.globo.com/carros/noticia/2015/11/fiscalizacao-de-cadeirinha-em-van-escolar-e-adiada-para-2017.html

Galeria

Nenhum comentário foi encontrado. Seja o primeiro a comentar!

Deixe seu Comentário


Novembro Azul - Prevenir-se é não ter medo

Assim como o mês de outubro é marcado pela cor rosa e coloca em pauta a prevenção ao câncer de mama, novembro é marcado pela cor azul e tem como foco o combate, conscientização e prevenção ao…

leia mais...
Junta Homocinética: Tudo o que você precisa saber para fazer a troca de maneira  correta

Quem está envolvido com o universo automotivo sabe que a invenção da junta homocinética foi uma enorme revolução para o mercado. A peça foi também uma das responsáveis pela popularização da…

leia mais...
Barros Autopeças realiza primeiro Arraiá para clientes

No dia 04 de agosto, a Barros Autopeças (filial Mogi Mirim) realizou seu primeiro Arraiá para clientes. A festa é uma adaptação, do tradicional Arraiá da Lauto que, por sua vez, está na 4° edição.…

leia mais...
Uma Páscoa para ser lembrada: Barros Autopeças faz a diferença para pessoas carentes

A Páscoa pode ser considerada o feriado favorito dos chocólatras, mas além de ser uma excelente desculpa para fugir da dieta, também pode ser utilizada para praticar a solidariedade. Na última semana,…

leia mais...
Comentários Recentes

Trabalhe Conosco

Com o seu talento e competência
como combustíveis, você vai ajudar
a guiar uma empresa sólida e
ambiente de trabalho profissional.
Faça parte da nossa equipe.

Eu quero

Quero ser Cliente

Venha ser um cliente Barros Autopeças
e ter a disposição um dos portfólios
de peças mais completos do país,
promoções exclusivas e uma equipe
pronta à ajudá-lo no que for preciso.

Eu quero
scroll up