> <

Investigação pode descobrir o passado do seu seminovo

Comprar um carro seminovo e ter surpresas desagradáveis depois ficou um pouco mais difícil. No dia 25 de maio entrou em vigor a lei 13.111/15, que obriga as lojas a informarem aos clientes o histórico do carro a ser vendido.

Pela lei, deve constar no contrato de compra e venda assinado entre vendedor e comprador informações sobre a regularidade do veículo. Isso significa que débitos, restrições, multas, informações de furto/roubo ou envolvimentos judiciais (como quando o carro é dado como garantia de pagamento de dívidas) devem estar claros no documento, assim como qualquer outro registro que limite ou impeça a sua circulação.

Investigação mais profunda

Caso não apresente todas as informações do carro ao cliente, o lojista será obrigado a arcar com as dívidas. Ou seja, impostos, taxas, multas e débitos do automóvel antes da data da compra são de exclusiva responsabilidade do estabelecimento. Vale ressaltar que informar as pendências não isenta a loja da responsabilidade sobre elas, algo previsto, inclusive, no Código de Defesa do Consumidor.

Também é importante ficar atento ao fato de um veículo alienado só poder ser transferido para o novo proprietário se a financeira aprovar.

Mesmo que apenas as empresas estejam obrigadas a esclarecer as informações sobre o histórico do carro, qualquer um pode ter acesso e elas. Basta ter em mãos a placa e o número do Renavam (Registro nacional de Veículos Automotores) do veículo e acessar o site do Detran/SP (www.detran.sp.gov.br) ou pelo aplicativo “Consultas Detran.SP”.

Ampla base de dados

Você, interessado num seminovo, pode se resguardar mais ainda. Há serviços online privados que destrincham o histórico do carro não só com as bases de informações do governo, mas também com dados de particulares, como seguradoras, financeiras, entre outros.

Diferentes empresas prestam esse serviço, como a CheckAuto (www.checkauto.com.br), Vericar (site.vericar.com.br) e Check Meu Carro (www.checkmeucarro.com.br). O laudo pode custar entre R$ 15 e R$ 50. Neles constam informações detalhadas do carro, como país de origem, versão, potência, preço de tabela e numeração do chassi e do motor (que devem ser conferidas).

Pendências com o governo, multas, registro de acidentes e informações sobre recall também aparecem. Mas há outros dados interessantes, como a cidade onde o veículo foi emplacado pela primeira vez e o histórico de quilometragem, registrado em revisões do carro. Se os números e datas não baterem, o laudo revela adulteração. Também vale para saber se o carro teve uso muito intenso no passado.

Trocando em miúdos

O nível de detalhamento vai além. O laudo revela até se o carro participou de algum leilão, o que nem sempre é mau sinal: ele pode ter sido retomado por um financiamento não pago e estar em perfeitas condições de uso.

Segundo a empresa de vistoria e inspeção Dekra, 8% dos carros consultados no site da CheckAuto em julho tinham alguma irregularidade. Destes veículos, 25% não haviam atendido a recalls, 4% eram roubados e 3% tinham a quilometragem adulterada.

Fonte: Car and Driver

Galeria

Nenhum comentário foi encontrado. Seja o primeiro a comentar!

Deixe seu Comentário


A Importância da Análise de Crédito

A análise de crédito possui uma grande importância para constatar se o cliente realmente tem condições de honrar com o compromisso de empréstimo assumido, verificando informações do cliente a…

leia mais...
Pesquisa de Opinião de Entregas da Barros Autopeças

No mês de Outubro, perguntamos a opinião dos nossos clientes em relação aos nossos serviços e atendimentos em nossa área de logística, para sabermos como nosso trabalho é visto por eles. Ficamos…

leia mais...
Kit amortecedor: o que você precisa saber para vender essa peça?

Dominar todas as informações técnicas sobre autopeças é o maior desafio e a maior vantagem de um vendedor do segmento. Enquanto são diversos os modelos e as marcas de veículos que você precisa…

leia mais...
Rastreamento Inteligente - solução eficiente para os clientes da Barros Autopeças

Nosso colaborador, Lucas Vanin, da área de Transportes, pensou numa solução para os clientes da Barros, em relação ao rastreio dos pedidos. Como muitos procuram o departamento de Transportes para…

leia mais...
Comentários Recentes

Trabalhe Conosco

Com o seu talento e competência
como combustíveis, você vai ajudar
a guiar uma empresa sólida e
ambiente de trabalho profissional.
Faça parte da nossa equipe.

Eu quero

Quero ser Cliente

Venha ser um cliente Barros Autopeças
e ter a disposição um dos portfólios
de peças mais completos do país,
promoções exclusivas e uma equipe
pronta à ajudá-lo no que for preciso.

Eu quero
scroll up