> <

Produção de veículos diminui e estoques sobem

A indústria brasileira fechou o primeiro trimestre de 2016 com queda importante na produção de veículos. Com 482,2 mil unidades entre leves e pesados, houve baixa de 27,8% na comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados pela Anfavea em Abril.
O resultado frustra as expectativas da entidade, que esperava que o mês de março trouxesse algum nível de recuperação das vendas de veículos com impacto positivo sobre a produção, o que não aconteceu. “Este é o pior resultado para o primeiro trimestre desde 2003”, declarou Luiz Moan em sua última coletiva de imprensa como presidente da Anfavea. Em 25 de abril ele passa o bastão para Antonio Megale, diretor de relações governamentais da Volkswagen Brasil.
Apenas em março foram fabricados 195,2 mil carros no Brasil, volume 23,7% inferior ao registrado em igual mês de 2015. Na comparação com fevereiro o resultado mostra expansão de 42,6%. A alta, no entanto, acontece sobre base de comparação extremamente baixa, já que as montadoras aproveitaram o carnaval para fazer paradas mais longas na produção.
No trimestre novamente o setor de veículos pesados puxou o resultado para baixo. Desta vez a maior contração aconteceu na produção de ônibus, que encolheu 43,5% para apenas 4,3 mil chassis. Com 15,1 mil unidades, o segmento de caminhões diminuiu 35,2%. Já a fabricação de veículos leves diminuiu 27,3% para 403,5 mil automóveis e 59,2 mil comerciais leves

PRODUÇÃO CAI, ESTOQUES SOBEM

Mesmo com a baixa na produção de veículos de janeiro a março, os estoques permanecem elevados. Em março o volume de carros armazenados cresceu 5,1% e chegou a 259 mil unidades. O volume corresponde a 43 dias de vendas. “É um patamar muito difícil e alto para o segmento”, lamenta Moan. Segundo ele, as expectativas da Anfavea indicavam justamente a acomodação dos estoques em nível mais baixo no primeiro trimestre do ano. Como a perspectiva não se concretizou, a indústria vai arrastar o problema para os próximos meses.
Sem melhora da média diária de vendas, será difícil resolver a situação. Moan lembra que, no primeiro trimestre, a utilização da capacidade produtiva segue muito baixa e fica em apenas 18% no setor de veículos pesados. A indústria mantém grande número de trabalhadores com jornada de trabalho reduzida. Segundo a Anfavea, há 30,5 mil pessoas afastadas por meio do Programa de Proteção ao Emprego (PPE). Outros 8,2 mil colaboradores estão em regime de layoff, a suspensão temporária dos contratos de trabalho.
O quadro de funcionários das fábricas de veículos também encolheu e ficou em 128,4 mil pessoas em março, com diminuição de 8,8% sobre o mesmo mês do ano passado. Os dados indicam que o nível de emprego nas montadoras caiu ao patamar de 2010. “Isso mostra o esforço da indústria para manter os seus trabalhadores. A produção caiu ao nível de 2003, mas mantemos o número de colaboradores em patamar mais atual”, destaca Moan.
Apesar da baixa, o executivo sustenta a projeção de que a indústria fará este ano 2,4 milhões de veículos, com leve crescimento de 0,5% na comparação com o resultado de 2015. “Tivemos apenas um mês fora das nossas expectativas, então ainda é cedo para fazer uma revisão.”

Fonte: Automotive Business

Galeria

Nenhum comentário foi encontrado. Seja o primeiro a comentar!

Deixe seu Comentário


Novembro Azul - Prevenir-se é não ter medo

Assim como o mês de outubro é marcado pela cor rosa e coloca em pauta a prevenção ao câncer de mama, novembro é marcado pela cor azul e tem como foco o combate, conscientização e prevenção ao…

leia mais...
Junta Homocinética: Tudo o que você precisa saber para fazer a troca de maneira  correta

Quem está envolvido com o universo automotivo sabe que a invenção da junta homocinética foi uma enorme revolução para o mercado. A peça foi também uma das responsáveis pela popularização da…

leia mais...
Barros Autopeças realiza primeiro Arraiá para clientes

No dia 04 de agosto, a Barros Autopeças (filial Mogi Mirim) realizou seu primeiro Arraiá para clientes. A festa é uma adaptação, do tradicional Arraiá da Lauto que, por sua vez, está na 4° edição.…

leia mais...
Uma Páscoa para ser lembrada: Barros Autopeças faz a diferença para pessoas carentes

A Páscoa pode ser considerada o feriado favorito dos chocólatras, mas além de ser uma excelente desculpa para fugir da dieta, também pode ser utilizada para praticar a solidariedade. Na última semana,…

leia mais...
Comentários Recentes

Trabalhe Conosco

Com o seu talento e competência
como combustíveis, você vai ajudar
a guiar uma empresa sólida e
ambiente de trabalho profissional.
Faça parte da nossa equipe.

Eu quero

Quero ser Cliente

Venha ser um cliente Barros Autopeças
e ter a disposição um dos portfólios
de peças mais completos do país,
promoções exclusivas e uma equipe
pronta à ajudá-lo no que for preciso.

Eu quero
scroll up