> <

PSA promete divulgar consumo real dos veículos “o mais breve possível”

Após a repercussão negativa do escândalo Dieselgate do Grupo Volkswagen, a PSA Peugeot-Citroën decidiu que vai divulgar o consumo e as emissões reais dos seus veículos “o mais breve possível”. Em comunicado oficial, o grupo francês afirmou ter analisado a questão e acrescentou que nenhum de seus carros possui software manipulador, o que foi confirmado após o teste aleatório de 4.300 carros.
A PSA inventou o filtro de partículas 11 anos antes do item se tornar uma exigência legal, algo que só iria acontecer com o Euro 5 em janeiro de 2011. A preocupação com a reputação dos modelos a diesel é compreensível, considerando que no primeiro semestre de 2015 as vendas desse tipo de veículo representaram 60,3% do total do grupo na Europa e 41,9% em todo o mundo.

O atual padrão NEDC (New European Driving Cycle), em vigor desde 1992, não reflete as condições reais de condução e será mantido por exigência legal. Todavia, a marca irá adotar medidas técnicas para se adiantar ao novo padrão WLTP, mais eficaz e que deve entrar em vigor até 2017.

Após este anúncio é provável que outras marcas se interessem em divulgar o consumo em condições reais, o que na prática significa resultados mais próximos da realidade do consumidor em relação aos testes de laboratório.

Brasil

Por aqui o INMETRO concede a Etiqueta Veicular aos veículos das montadoras que participam do PBE – Programa Brasileiro de Etiquetagem. A classificação vai de ‘A’ (mais eficiente) até ‘E’ (menos eficiente). No caso da comparação entre combustíveis diferentes (etanol e gasolina), os valores de consumo são convertidos em joule, unidade que mede a energia produzida.

A segunda informação são os dados de consumo em quilômetros por litro, na cidade e na estrada, com diferentes combustíveis. Esses valores são obtidos a partir de medições feitas em laboratório, conforme norma NBR 7024, que determina a adoção de ciclos de condução pré-estabelecidos, entre outros critérios.

Normalmente os resultados do INMETRO são bem menos otimistas que os divulgados pelas montadoras e mais próximos aos alcançados no dia-a-dia, como comprovamos em nossas medições.

Fonte: http://carplace.uol.com.br/psa-promete-divulgar-consumo-em-condicoes-de-uso-real-em-breve/

Galeria

Nenhum comentário foi encontrado. Seja o primeiro a comentar!

Deixe seu Comentário


Mulheres na ciência e suas contribuições para o setor automotivo

    Desde 2015, as Nações Unidas (ONU) estabeleceu o dia 11 de fevereiro como o Dia Internacional de Mulheres e Meninas na Ciência.    Entre os objetivos desse…

leia mais...
Você sabe como cuidar do motor?
Você sabe como cuidar do motor?
10 de fevereiro de 2020

    O motor é o principal componente dos automóveis. Sem ele nada funciona. Por isso é fundamental estar sempre atento aos principais cuidados que podemos ter com ele.    Além…

leia mais...
Segurança e qualidade com as pastilhas de freio

    A Barros está sempre se desenvolvendo para encontrar a melhor forma de oferecer serviços e produtos de qualidade que tenham foco na segurança e bem-estar dos clientes.    Desde…

leia mais...
Barros Autopeças comemora 50 anos de existência

    A Barros Autopeças completa, neste ano, 50 anos de existência. Meio século de histórias, de expansão e muita tradição.     Para comemorar o marco, a…

leia mais...
Comentários Recentes

Trabalhe Conosco

Com o seu talento e competência
como combustíveis, você vai ajudar
a guiar uma empresa sólida e
ambiente de trabalho profissional.
Faça parte da nossa equipe.

Eu quero

Quero ser Cliente

Venha ser um cliente Barros Autopeças
e ter a disposição um dos portfólios
de peças mais completos do país,
promoções exclusivas e uma equipe
pronta à ajudá-lo no que for preciso.

Eu quero
scroll up