> <

Reveja qual seu público e aprimore seu plano estratégico

Durante anos, a pergunta "qual classe social desejo atingir?" era fundamental para elaborar as estratégias de definição do público-alvo. Era necessário se atentar para o poder de compra do consumidor, suas tendências e necessidades. No entanto, pode ser que este velho conceito esteja um pouco antigo. O estudo "Perspectivas para o Consumidor no Brasil em 2016", publicado pelo Grupo ECC, destaca o caráter fluido das ações do consumidor. "Hoje é comum uma pessoa da classe D consumir produtos tidos como de classe B. Isso tende a aumentar, inclusive no sentido oposto (consumidores da classe B, adquirir produtos destinados às classes C e D)", diz o documento.

Esse movimento vem ao encontro da retribalização. O fator promordial para a formação de grupos de consumo passa a ser não mais o poder de compra, mas a identidade dos produtos consumidos. Característica marcante de uma sociedade em rede, na qual os limites do bairro são transpostos pela amplitude das redes sociais, onde pessoas de várias classes sociais interagem. Para o CEO da DOM Strategy Partners, Daniel Domeneghetti, essa característica -  apesar de dificultar a identificação do público-alvo - não muda substancialmente a dinâmica das relações comerciais entre empresa e consumidor. Ele destaca que existe um elo comum que une todas as classes - sobretudo nesse momento de crise: condições comerciais, facilidades financeiras e experimentações que materializam valor e viabilizam preço. "83% dos consumidores brasileiros querem preços melhores e condições mais fáceis de pagamento. Propaganda, e-commerce completo e bem apresentado e loja física integrada se as condições de pagamento não forem interessantes", aponta - antes de concluir com uma afirmação surpreendente. "As tecnologias e tendências estão se modificando. Embora os varejistas devam considerar todas essas variáveis, acredito que uma característica ainda predomina: o consumidor segue dando prioridade ao preço, na comparação com o valor agregado do produto".

Fonte: Novo Meio/ Novo Varejo

Galeria

Nenhum comentário foi encontrado. Seja o primeiro a comentar!

Deixe seu Comentário


Mulheres na ciência e suas contribuições para o setor automotivo

    Desde 2015, as Nações Unidas (ONU) estabeleceu o dia 11 de fevereiro como o Dia Internacional de Mulheres e Meninas na Ciência.    Entre os objetivos desse…

leia mais...
Você sabe como cuidar do motor?
Você sabe como cuidar do motor?
10 de fevereiro de 2020

    O motor é o principal componente dos automóveis. Sem ele nada funciona. Por isso é fundamental estar sempre atento aos principais cuidados que podemos ter com ele.    Além…

leia mais...
Segurança e qualidade com as pastilhas de freio

    A Barros está sempre se desenvolvendo para encontrar a melhor forma de oferecer serviços e produtos de qualidade que tenham foco na segurança e bem-estar dos clientes.    Desde…

leia mais...
Barros Autopeças comemora 50 anos de existência

    A Barros Autopeças completa, neste ano, 50 anos de existência. Meio século de histórias, de expansão e muita tradição.     Para comemorar o marco, a…

leia mais...
Comentários Recentes

Trabalhe Conosco

Com o seu talento e competência
como combustíveis, você vai ajudar
a guiar uma empresa sólida e
ambiente de trabalho profissional.
Faça parte da nossa equipe.

Eu quero

Quero ser Cliente

Venha ser um cliente Barros Autopeças
e ter a disposição um dos portfólios
de peças mais completos do país,
promoções exclusivas e uma equipe
pronta à ajudá-lo no que for preciso.

Eu quero
scroll up